Bem Vindos

terça-feira, 17 de outubro de 2017

ADoT no World Skills 2017 - V

Prosseguem as competições em todos os 'Skills', desempenhando as tarefas que o júri propõe aos competidores.
Hoje detivemos-nos nos setores - Moda; Floristas,Joalharia e Chocolate...






























Na robótica, o desafio de hoje, consistiu no 'salvamento' de crianças, simbolizadas por bolas de bilhar, que terão que ser procuradas pelos responsáveis do parque infantil (simbolizados pelos robôs) que as vão entregar aos respetivos pais (que nesta prova é representada por uma caixa identificada por um código).



 As bolas são introduzidas aleatoriamente num tubo, o qual é aberto, lançando-as para o labirinto.
O robô tem que procurar especificamente algumas bolas, indo, posteriormente depositar num concreto lugar. através da leitura do código.

Esta prova feita autonomamente, foi um verdadeiro quebra cabeças para a generalidade dos competidores, dado que nas três mangas previstas, apenas uma escassa minoria conseguiu (ainda que parcialmente) o objetivo. Embora a boa disposição permaneça em alta, bem como a concentração.
De salientar a boa prestação das equipas asiáticas (Coreia e Japão).  

O World Skills foi ainda pretexto para efetivar uma iniciativa que a todos os títulos merecem ser saudada.
Cada  uma das escolas locais selecionadas adoptou um País, de entre aqueles que se inscreveram na edição de 2017, com o objetivo de os respetivos alunos, estudarem o País escolhido, os seus valores, usos e costumes, a sua geografia e até os seus símbolos identitários, bem como informações sobre as carreiras qualificadas representadas na competição. 

IBN Sina School estabeleceu a 'germinação' com Portugal tendo, por isso, sido visitada pela Comitiva Portuguesa no World Skills, presenteada com a 'Portuguesa' cantada pelos alunos.  


A imprensa escrita, nas línguas árabe e inglesa, continuam a dar visibilidade pública ao evento.







Sem comentários:

Publicar um comentário